A influência de Jaime Lerner no urbanismo de Curitiba

A influência de Jaime Lerner no urbanismo de Curitiba
05 set. 2022

Ex-prefeito de Curitiba por três vezes, o legado de Lerner aparece ao circular pela cidade, seja nas canaletas de ônibus, nos principais parques do município ou em pontos turísticos de renome

Não é exagerado afirmar: Curitiba é a cara e espírito de Jaime Lerner. A maior parte das obras e intervenções, além do seu sistema de transporte público, tem o toque do ex-prefeito da cidade por três vezes e ex-governador do Paraná por outras duas. O impacto e a influência de Jaime Lerner em Curitiba são percebidos até os dias de hoje na cidade.

Nada mal para uma cidade ter o legado de um homem que foi eleito, em 2010, como um dos 25 pensadores mais inovadores do mundo pela Revista norte-americana “Time”. “Ao longo dos últimos 40 anos, Lerner deixou um legado de sustentabilidade urbana”, diz a publicação, citando o calçadão da Rua XV de Novembro e o desenvolvimento do sistema de canaletas do município.

Em 2018, Jaime Lerner também apareceu entre os 100 urbanistas mais influentes de todos os tempos pela revista de planejamento urbano “Planetizen”. Em uma entrevista ao jornal El País, em 2018, Lerner descartou o fato de Curitiba ser modelo, reforçando a simplicidade de suas ideias.

“É uma referência de simplicidade, de imperfeição e de trabalho com poucos recursos. Minha intenção nunca foi salvar o mundo e sim promover o desejo de mudar as coisas. Acho que isso é possível”, declarou ao El País. E foi bastante viável na capital paranaense. Lerner faleceu aos 83 anos de vida, em maio de 2021.

Quais obras e pontos turísticos têm o dedo de Jaime Lerner?

Seja ao pegar um ônibus biarticulado ou uma das linhas interbairros, ao dar uma corrida no Parque Barigui ou visitar o Jardim Botânico, circular pelo calçadão da Rua XV de Novembro ou separar o lixo reciclável do orgânico… Todas essas atitudes e atividades foram influenciadas direta ou indiretamente pelas ideias de Jaime Lerner. Veja, abaixo, algumas referências deixadas por Lerner para a capital paranaense:

– Ainda na década de 1960, foi presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), responsável por conceber as intervenções do município. E aprovou o Plano Diretor de Curitiba, que previa diretrizes de desenvolvimento no sistema viário, zoneamento, edificações, entre outros.

– O sistema de transporte coletivo, conhecido como BRT (Bus Rapid Transit), na década de 1970: abordamos este tema neste artigo. O modelo foi exportado para o mundo, incluindo em Bogotá, onde se tornou uma grande referência de urbanismo, e levou Jaime Lerner a lecionar em universidades americanas e japonesas.

– Nomeado prefeito da capital pelo governo militar, foi o responsável por construir o Calçadão da Rua XV de Novembro na década de 1970. A obra bloqueou o acesso de carros e garantiu uma via exclusiva para pedestres no centro de Curitiba. Nesta gestão, também planejou a Cidade Industrial de Curitiba, incentivando a presença de indústrias e de empresas nesta região.

– Na década de 1980, foi o responsável por desenvolver a Linha Interbairros, que se complementava ao BRT e de uma Rede Integrada de Transportes (RIT), visando a conexão entre a capital e os municípios da Região Metropolitana de Curitiba (em uma visão de desenvolvimento metropolitano conjunto).



– Jardim Botânico, Ópera de Arame e Rua 24 horas são três dos pontos turísticos da capital paranaense idealizados pelo ex-prefeito em sua gestão na década de 1990. É possível perceber a semelhança de design entre os três pontos, que integraram uma ideia de uma Curitiba Moderna.

– Parque Barigui e Parque São Lourenço surgiram de um programa de Lerner, no qual a prefeitura expropriava áreas de famílias para garantir espaços verdes e isentava de impostos as áreas restantes. Além de servirem à diversão e à preservação de espaços verdes no ambiente urbano, esses parques atuam no escoamento de água da capital, impedindo alagamentos.

– Na área ambiental, o Programa “Lixo que não é lixo” se tornou referência em todo o país, incentivando a coleta seletiva, a reciclagem e a educação ambiental das crianças. Até hoje, muitos adultos se lembram da influência positiva vinda da “Família Folha” nas escolas de Curitiba.

Em sua biografia no Instituto Jaime Lerner, é possível perceber que o legado do arquiteto e urbanista foi muito além da capital paranaense. Entre as obras com seus projetos, é possível destacar: São Paulo, Goiânia, Salvador, Aracaju, Recife, Londrina e Rio de Janeiro.

Se Curitiba é vista como uma cidade com um planejamento mais elaborado do que a maioria das demais grandes cidades do país, muito disso se deve a Jaime Lerner. O arquiteto foi o responsável por desenvolver soluções viáveis para o município e fazer com que se tornasse uma das principais referências em urbanismo para o mundo.

Está interessado em morar ou encontrar escritórios comerciais em Curitiba? Fique por dentro dos lançamentos da Víncere Incorporadora e conheça os empreendimentos com espaços disponíveis para locação no site da Víncere Locações!

Imagens: Prefeitura de Curitiba)

COMPARTILHE:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Você conhece os smart condos?
Autor: Vincere Incorporadora

Você conhece os smart condos?

Condomínios inteligentes introduzem a tecnologia à rotina, visando a integração com o meio ambiente e proporcionando boas experiências aos...

As tendências para mobiliar apartamentos em 2024
Autor: Vincere Incorporadora

As tendências para mobiliar apartamentos em 2024

Investir na cor do ano – Peach  Fuzz –, destaque para a natureza, foco na sustentabilidade e iluminação automatizada...

Bairro Cabral: a representação do que é viver em Curitiba
Autor: Vincere Incorporadora

Bairro Cabral: a representação do que é viver em Curitiba

Com excelente infraestrutura de mobilidade e de serviços, o Cabral se apresenta como ótima opção para morar e investir,...