Corretor de imóveis para locação residencial: qual o seu papel?

Corretor de imóveis para locação residencial: qual o seu papel?
10 jul. 2024

Estamos acostumados a ver este profissional nas negociações de vendas, mas qual o papel do corretor de imóveis para locação residencial? Confira neste artigo!

O mercado imobiliário é um dos pilares fundamentais da economia. Estima-se que a construção civil represente em torno de 6% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, segundo o IBGE. Ou seja, estamos falando de um setor importante e que engloba uma ampla gama de atividades em sua cadeia produtiva, incluindo a compra e venda de imóveis e também as locações.

Entre os profissionais importantes deste mercado, encontra-se o corretor de imóveis. É ele que vai conseguir mediar e equilibrar os interesses dos clientes em busca de comprar ou locar um imóvel. Mas qual é o papel de um corretor de imóveis para locação residencial? Este será o tema deste artigo.

Quer comprar o seu primeiro imóvel? Selecionamos 9 dicas para te ajudar!

O que é um corretor de imóveis?

O corretor de imóveis é um profissional especializado na intermediação de transações imobiliárias, incluindo as de compra, venda e locação de imóveis.

No Brasil, a profissão é regulamentada pela Lei nº 6.530/1978 e pelo Decreto nº 81.871/1978, que estabelecem as normas para o exercício da profissão e a criação dos Conselhos Regionais de Corretores de Imóveis (CRECI).

Para atuar como corretor de imóveis para locação residencial, o profissional deve possuir registro no CRECI, o que garante que ele tenha cumprido todos os requisitos necessários, incluindo a formação específica na área.

Você já ouviu falar dos apartamentos openview? Explicamos como este tipo de planta promove a integração entre os ambientes.

Qual o papel de um corretor de imóveis?

O papel do corretor de imóveis vai além da simples mediação de contratos. Ele é responsável por diversas atividades que garantem a segurança, a tranquilidade e a eficiência das transações imobiliárias.

No contexto da locação residencial, suas principais funções podem incluir:

Avaliação de imóveis

O corretor analisa fatores como localização, estado de conservação e valor de mercado.

Captação de imóveis

Identifica e capta imóveis disponíveis para locação, ampliando o seu portfólio.

Divulgação de imóveis

Promove os imóveis por meio de anúncios em plataformas digitais e outras mídias, com foco na atração de potenciais clientes.

Atendimento personalizado

Presta atendimento para proprietários e inquilinos. O desafio está em compreender suas necessidades e expectativas.

Intermediação de visitas

Agenda e acompanha visitas aos imóveis, esclarecendo dúvidas e apresentando as características do imóvel, conforme o interesse de ambas as partes.

Negociação e elaboração de contratos

Auxilia na negociação das condições de locação, buscando acordos satisfatórios. Também contribui na documentação para formalizar contratos.

Este é um profissional que conhece a cidade, indicando localizações mais apropriadas e boas oportunidades de negócios em áreas mais valorizadas.

Quer saber como é viver no bairro Cabral? Mostramos, neste artigo, como este local representa o que é viver na capital paranaense.

Quando buscar um corretor de imóveis?

Muitos têm dúvidas, já que – em um primeiro momento – optam por fazer a busca de forma individual. Algumas situações específicas, porém, tornam a presença de um corretor importante.

– Compradores com pouca experiência no mercado imobiliário;

– Otimização do tempo e redução das burocracias;

– Assegurar que o contrato siga as legislações vigentes;

– Aumento da visibilidade para o imóvel disponível para locação.

Como o corretor de imóveis para locação residencial equilibra interesses?

O corretor de imóveis atua como mediador, buscando um equilíbrio entre os interesses dos locadores e dos locatários. Para isso, entre as suas características e preocupações, encontram-se:

– Escutar ambas as partes, compreendendo as necessidades e expectativas de cada um;

– Fornecer informações claras, não omitindo dados importantes para nenhuma parte;

– Agir de maneira imparcial, buscando um acordo justo e negociando termos favoráveis.

Quem paga pelos serviços prestados e de que maneira?

Os honorários do corretor de imóveis geralmente são pagos pelo locador.

A comissão padrão para locação de imóveis residenciais costuma variar entre 6% e 10% do valor do aluguel, dependendo da região e das práticas do mercado local. Este valor é pago uma única vez, no ato da assinatura do contrato de locação.

Em alguns casos, pode haver uma negociação diferente, especialmente em situações nas quais o mercado é mais competitivo. Além disso, alguns corretores podem cobrar uma taxa mensal de administração, caso também sejam responsáveis pela gestão do imóvel durante o período de locação.

Conheça os empreendimentos já desenvolvidos pela Víncere Incorporadora em localizações estratégicas da capital paranaense!

(Imagem: Freepik)

COMPARTILHE:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Qual o impacto da Taxa Selic no mercado imobiliário?
Autor: Vincere Incorporadora

Qual o impacto da Taxa Selic no mercado imobiliário?

Indicador básico de juros do país, a Selic se torna uma referência para as demais taxas do país, inclusive...

As vantagens de morar perto do trabalho
Autor: Vincere Incorporadora

As vantagens de morar perto do trabalho

A localização de um imóvel é de extrema importância e pode estar alinhada aos afazeres diários, como trabalho e...

CasaCor Paraná 2024: confira as principais tendências
Autor: Vincere Incorporadora

CasaCor Paraná 2024: confira as principais tendências

De volta ao bairro Batel, onde começou há trinta anos, mostra segue até o dia 28 de julho, encantando...